Como plantar e cuidar de costela-de-adão passo a passo

Compartilhar

Como plantar e cuidar de costela-de-adão passo a passo

A Costela de Adão é uma planta muito exótica, grande em tamanho e linda verde brilhante, o que o torna ideal para decoração interior e exterior, com grande resistência que é fácil de cultivar. Neste artigo vamos mostrar suas características, cuidados e a forma mais ideal de plantio.

Costela de Adão

A Costela de Adão cientificamente conhecida como Monstera deliciosa é uma planta da espécie de escalada com um caule flexível com raízes grossas e grandes folhas verdes com bordas amarelas. Esta planta é nativa das florestas tropicais da América Central e do Sul.

Ele carrega este nome graças aos recuos nas folhas que simulam uma costela. Também é conhecido pelos nomes monstera, philodendron, ceriman, balazo, mano de tigre ou piñanona.

Características

Entre suas principais características estão as grandes folhas que esta planta produz, que podem medir entre 20 e 90 cm de comprimento e 20 a 80 cm de largura. Suas raízes não são invasivas, o que facilita o plantio e o desenvolvimento. Sobrevive bem com pouca luz e umidade suficiente.

Toda a planta é altamente tóxica para alguns animais, como cães e gatos. É tolerante a baixas temperaturas, mas não ao congelamento. Pode ser dentro e fora de casa levando em conta que neste último lugar ele em lugares onde o sol não afeta diretamente.

Como plantá-lo

Como plantar e cuidar de costela-de-adão passo a passo
Como plantar e cuidar de costela-de-adão passo a passo

O plantio pode ser feito através do corte ou camadas, cortando diretamente do caule e colocando-o na panela. Deve-se ter em conta que o corte deve conter pelo menos uma folha e parte da raiz. Para que a planta se desenvolva de forma boa, é necessário ter um bom substrato.

É aconselhável mantê-lo a uma temperatura ambiente de até 25 graus Celsius, aplicando sprays frequentes para manter a umidade da planta. O enraizamento pode ser observado em um período de um mês e meio.

Cuidado

A costela de Adão é uma planta de grande resistência e pouca atenção, mas ainda requer certos cuidados para que atinja o máximo de desenvolvimento e folhagem esplendorosa, para isso é sugerido seguir essas dicas simples, mas eficazes:

Irrigação

A rega desta planta deve ser constante, ou seja, uma ou duas vezes por semana, sendo mais espaçada no inverno. Mesmo quando é capaz de resistir à seca, é aconselhável pulverizar para manter a umidade perfeita em suas folhas, especialmente nos tempos de verão.

Passar

Para uma excelente evolução da costela de Adão, é necessário um composto ou turfa preta com húmus de minhoca e perlite ou com guano que é excremento de certas aves de origem marinha. Recomenda-se também fertilizar com líquido em intervalos de 20 dias no caso de preferir fertilizantes químicos.

Localização

A costela de Adão por ser uma planta de alta resistência pode ser localizada tanto dentro quanto ao ar livre, mas com algumas limitações, como a luz. Ela resiste bem à semi-sombra, embora também apoie a iluminação, mas não diretamente. Se for plantada ao ar livre, recomenda-se fazê-lo perto de uma árvore ou parede para que possa subir facilmente.

Aumento

Como plantar e cuidar de costela-de-adão passo a passo
Como plantar e cuidar de costela-de-adão passo a passo

Durante o crescimento da planta, ela tende a perder todas as folhas na base e para que ela cresça novamente é aconselhável cortar brotos com raízes e plantá-la novamente, eriçando o caule desta forma novas folhas crescerão.

Deve-se notar que esta planta tem floração quando é encontrada ao ar livre ou em seu habitat natural, dentro de casa não produzirá flores. Deve-se levar em conta que esta planta pode crescer até três metros dentro de casa e até 20 ao ar livre, por isso é necessária poda constante.

Cuidados Básicos

Para o crescimento e desenvolvimento desta planta exótica, interna e externamente, recomenda-se colocar a planta em um lugar brilhante e frio, sem luz solar direta, pulverizar suas folhas regularmente para mantê-las úmidas, tendo em vista que é necessário evitar o puddling, para isso o pote deve ter boa drenagem.

É importante colocar um tutor ou suporte para que ele possa cumprir sua função como alpinista, e por fim é recomendável ter um bom pote pronto para esta planta que permite a evolução saudável das raízes.

Pragas que podem afetar você

Como qualquer planta, a costela de Adam também é vulnerável a certas pragas e doenças das quais devemos estar muito conscientes. Entre as pragas estão parasitas conhecidos como mealybugs, thrips e ácaros, incluindo a aranha vermelha, que pode ser tratada efetivamente com inseticidas de origem química ou natural, como infusões de alho e cebola, café moído e óleo de neem.

No caso de doenças, fungos como fitohthora e bactérias como pseudomonas ou erwinia podem ocorrer, para exterminá-los, o tratamento com um fungicida de alto espectro deve ser feito, bem como cortar ou destruir a parte afetada da planta.

Curiosidades da Costela de Adão

Esta linda planta é amplamente utilizada para decorações usadas em revistas e publicações, o que a torna um ícone de decoração. Suas folhas enormes e rápido crescimento existem países que a chamam de usina monstruosa. Também é usado na indústria da floricultura.

Confira: mais dicas relacionadas

Facebook Comments Box
Bruna Silva
Bruna Silva
Artigos: 652