Brachiaria decumbens: é uma boa opção?

Compartilhar

rocurando a pastagem perfeita pra seu gado? Todo mundo que cria boi ou vaca sabe que a grama ideal tem que ser nutritiva, dar um bom pasto e ajudar a ter um rebanho forte e produtivo. A Brachiaria decumbens tá aí, sendo falada por muita gente, e realmente tem algumas vantagens que a tornam famosa em algumas regiões. Mas será que ela é a solução ideal pra sua fazenda?

Pra te ajudar a decidir se a Brachiaria decumbens é a grama dos seus sonhos, vamos dar uma olhada de perto nas características dela, nos prós e contras.

Plantaçao do brachiaria-decumbens
Fonte: irrigat

A Brachiaria decumbens, uma graminha que veio da África, é conhecida por ser resistente e se adaptar bem a vários climas e tipos de solo. Ela chegou no Brasil lá pelos anos 50 e fez bastante sucesso, principalmente em terras que não são muito férteis.

A Brachiaria decumbens tem raízes fortes que vão fundo na terra, o que é ótimo pra quem tem que lidar com secas longas. E as folhas dela, largas e peludas, formam um tapete denso que afasta as ervas daninhas e diminui a necessidade de veneno.

Detalhes da Brachiaria decumbens

Pra entender se a Brachiaria decumbens é a sua cara, vamos analisar alguns detalhes importantes:

  • Cresce como? Se espalha pelo chão, formando touceiras que cobrem bem o terreno.
  • Dura quanto tempo? Vive bastante, te dando pasto por muito tempo.
  • Quanto ela cresce? Pode chegar a 1 metro de altura, mas isso varia dependendo do cuidado que você der.
  • Quanto pasto ela dá? Produz de 8 a 12 toneladas de capim seco por hectare por ano.
  • Nutritiva? Tem em média de 7% a 12% de proteína bruta na parte seca, mas isso varia com o manejo e a época do ano.
  • O gado gosta? O gado não é fã dela, mas pode variar dependendo de como você cuida da pastagem.
  • Resistente? Aguenta bem a seca e se adapta a solos ácidos e pobres.
  • Como plantar? Pode ser plantada com sementes ou mudas.
  • Cuidado com as pragas! Ela é suscetível a cigarrinhas e fungos, principalmente quando o tempo está úmido.

Vantagens da Brachiaria decumbens

A Brachiaria decumbens tem alguns trunfos que chamam atenção dos criadores:

  • Super resistente à seca! As raízes profundas dela conseguem pegar água do fundo da terra, então ela aguenta períodos sem chuva que derrubam outras forrageiras.
  • Terra ruim? Sem problema! A Brachiaria decumbens se desenvolve em solos ácidos e pobres, sendo uma boa opção para recuperar áreas degradadas.
  • Protege o solo! O capim denso dela cria uma barreira que protege o solo da chuva forte, evitando a erosão.
  • Plantio barato! As sementes da Brachiaria decumbens são mais em conta que de outras forrageiras, então o plantio sai mais barato.
  • Fácil de cuidar! Ela não precisa de muitos cuidados especiais.

Desvantagens da Brachiaria decumbens

Apesar de ser boa em algumas coisas, a Brachiaria decumbens tem seus defeitos:

  • O gado não curte muito! Ela não é muito saborosa, o que pode fazer o gado comer menos e perder produtividade.
  • Não é rica em nutrientes! Ela tem pouco teor de proteína, o que pode prejudicar o crescimento do gado e a produção de leite, principalmente se você tiver um sistema intensivo.
  • Pragas e doenças! Ela é sensível a pragas como cigarrinhas e doenças como a “vassoura-de-bruxa”, principalmente em tempo úmido.
  • Difícil de tirar! Se você não quiser mais a Brachiaria decumbens, vai ter trabalho para removê-la, pois ela pode virar invasora.

Como cuidar da Brachiaria decumbens

Para ter sucesso com a Brachiaria decumbens, alguns cuidados são importantes:

  • Analisar o solo! Fazer um teste do solo para saber se precisa corrigir a acidez e adicionar nutrientes.
  • Melhor época pra plantar! O ideal é plantar no início da época de chuva.
  • Profundidade certa! As sementes devem ser plantadas a 2 ou 3 cm de profundidade.
  • Combater as ervas daninhas! Eliminar as ervas daninhas no início, antes que elas tomem conta do pasto.
  • Adubar com cuidado! Adicionar nitrogênio no solo todo ano para garantir um bom pasto.
  • Manejar o pasto! Evitar que o gado coma tudo e deixar a grama crescer um pouco antes de colocar o gado para pastar.
  • Ficar de olho nas pragas e doenças! Observar a pastagem para identificar pragas e doenças e tomar medidas se necessário.

A Brachiaria decumbens é pra você?

Depois de conhecer os prós e contras da Brachiaria decumbens, a dúvida que fica é: essa grama é a ideal pra sua fazenda?

Não existe uma resposta única, pois depende muito de cada situação:

  • O clima da sua região! Ela é ótima para regiões secas, mas pode não ser a melhor escolha para lugares com muita chuva e umidade.
  • O tipo de solo! Ela se adapta bem a solos pobres e ácidos, sendo uma boa opção para terras degradadas. Mas em solos férteis e bem drenados, outras forrageiras podem ser melhores.
  • O sistema de criação! A Brachiaria decumbens pode ser usada para criar gado de corte e leite, mas por ser menos nutritiva, é preciso dar suplementos para que o gado cresça e produza leite de forma satisfatória, principalmente em sistemas intensivos.
  • Os recursos disponíveis! A Brachiaria decumbens é barata para plantar e cuidar, sendo uma boa opção para quem tem pouco dinheiro.

Então, a decisão de usar a Brachiaria decumbens é só sua, e deve levar em conta as características da sua fazenda e os seus objetivos.

Vale a pena conversar com especialistas e comparar a Brachiaria decumbens com outras opções de forrageiras. Lembre-se, a escolha da grama certa é crucial para o sucesso da sua atividade!

Facebook Comments Box
Bruna Silva
Bruna Silva
Artigos: 652