Como fazer o melhor adubo rico em potássio

Compartilhar

Você sabe o que é adubo rico em potásio? Sabe quais são as suas principais funções? Sabe quais são os adubos potássicos mais usados nos dias de hoje? Ou então, apresenta conhecimento sobre como fazer um adubo rico em potássio? Bem, essas são algumas das principais perguntas realizadas por quem está conhecendo esse assunto agora.

Mas muitas vezes, muitas pessoas ainda não conseguiram encontrar a resposta para essas dúvidas e se você é uma delas, saiba que esse é o artigo correto para você. Isso pelo simples fato de que o mesmo está repleto de informações importantes que estão relacionadas e que compõem o assunto sobre adubos ricos em potássio.

É muito importante estarmos lembrando a todos, que poderá ser por meio dessas informações, que você estará encontrando a resposta para suas dúvidas e assim, poderá obter um melhor entendimento e conhecimento sobre esse assunto que gera tanta dúvida em milhares de pessoas nos dias de hoje. Bom, então vamos lá?

O que é adubo Rico em Potásio e qual a sua função?

Antes mesmo de explicarmos como deve ser feito um adubo rico em potássio, é importante você saber o que é o adubo e qual a sua função. E bem, o adubo que também pode ser conhecido como fertilizante, é um produto de origem orgânica ou sintética (mineral) que é muito usado para nutrir todo e qualquer tipo de planta.

O mesmo pode ser usado por todos, mas na grande maioria das vezes pode ser mais usado na agricultura e na jardinagem. Lembrando ainda, que muitas pessoas escolhem usar o adubo, pois o mesmo apresenta uma grande quantidade de nutrientes e por isso, pode deixar o solo mais fértil e assim, aumentar a sua produção.

Principais adubos de potássio usados nos dias de hoje

Agora que você pôde entender o que é o adubo e qual a sua função, pode ser importante você conhecer alguns dos principais adubos industrializados e que são ricos em potássio usados nos dias de hoje. Os mesmos são:

  • cloreto de potássio KCl (60 a 62% de K2O e 48% de Cl);
  • sulfato de potássio K2SO4 (50 a 53% de K2O e 17% de S);
  • nitrato de potássio KNO3 (44 a 46% de K2O e 13 a 14% de N);
  • sulfato de potássio e magnésio K2SO4.2MgSO4 (22% de K2O, 22% de S e 12 a 18% de Mg);

Dentre essas mesmas fontes, o KCI é o mais usado no mercado nos dias de hoje, sendo cerca de 95% de todo o potássio usado na agricultura, portanto, se você está em busca da opção mais usada no mercado, pode ser importante comprar o cloreto de potássio KCI.

Caso você queira uma opção mais simples e que não precise gastar muito, saiba que ensinaremos a seguir como fazer um adubo caseiro rico em potássio. Veja só.

Como fazer um adubo rico em potássio e caseiro?

Casca de banana:

Caso não seja de seu conhecimento, a banana é uma fruta que apresenta grandes quantidades de potássio, tanto a fruta em si, quanto em sua casca e por esse mesmo motivo, a mesma acaba sendo uma ótima opção de adubo orgânico.

Na qual, para que você possa usa-la como adubo, é necessário triturar a casca da banana (formando assim uma espécie de massa).

Feito isso, o seu adubo estará pronto e poderá ser enterrado ao redor de cada uma de suas plantas. É importante estarmos lembrando que existem técnicas muitos usadas para que você obtenha um adubo orgânico que possa ser guardado e uma delas, é por meio da compostagem. P

ara que você possa realiza-la de forma correta, você precisará de uma espécie de caixa plástica que não apresente fundo e que tenha algumas aberturas para que possa acontecer a respiração da planta.

Lembrando, que ao realizar uma composteira você conseguirá ter uma planta não somente rica em potássio, mas também em diversos outros nutrientes importantes para as mesmas.

Cascas de ovos:

Muitos não sabem, mas as cascas de ovos podem ser usadas como fertilizante, isso pelo simples fato de que são ingredientes ricos em cálcio e potássio.

O que significa que as mesmas podem ser usadas em toda e qualquer tipo de lavoura. A melhor forma de usar as cascas de ovos como adubo, é triturar as mesmas para que elas fiquem em pedaços bem pequenos.

Feito isso, agora é apenas necessário espalhar as mesmas por todo o redor de suas mudas. Caso você queira uma segunda opção, saiba que as cascas podem ser misturadas na terra e assim, usada para plantar.

Borra de café:

A borra de café apresenta muitos nutrientes importantes para as plantas, como por exemplo fósforo, nitrogênio e potássio e ainda, pode ser usada para afastar caracóis e lesmas de suas plantas.

Para usá-la é bem simples, já que é apenas necessário pegar a borra e espalhar ao redor de cada uma de suas mudas, mas lembre-se que a mesma deve ser usada em pequenas quantidades, pois uma vez que usada em excesso, a borra pode transformar o solo em ácido e atrair diversos tipos de fungos que podem prejudicar o crescimento e até mesmo, matar a sua planta.

Facebook Comments Box
Bruna Silva
Bruna Silva
Artigos: 528