Adubo de estrume de coelho como fazer e usar

Compartilhar

Adubo de estrume de coelho como fazer e usar

O composto de estrume de coelho é um dos fertilizantes orgânicos mais nutritivos e de fácil acesso que você pode colocar as mãos. Se você cultiva coelhos no seu quintal ou você pode obter algumas fezes de coelho da cabana de coelho do seu cunhado, é fácil fazer adubo de estrume de coelho.

Ao contrário de outros tipos de estrume orgânico, este composto é rico, versátil e leve nas raízes mais sensíveis. E se você está preocupado com o cheiro, bem, você não deveria estar. O estrume de coelho é inodoro e seco tornando-o conveniente para manusear e dispensar sem muito barulho ou preocupações com a saúde. Continue lendo para saber mais sobre os benefícios deste rico fertilizante e como fazê-lo e usá-lo em seu jardim.

Benefícios do adubo de estrume de coelho

Dizer que o composto de estrume de coelho é nutritivo para as plantas de jardim nem sequer começa a descrever os muitos benefícios deste material versátil. Se você tem uma experiência decente de jardinagem, você sabe o valor do fertilizante de liberação lenta que não queima as raízes das plantas. É aí que este adubo é útil. Aqui estão alguns desses benefícios.

  • Está cheio de nutrientes. Este composto tem mais valor nutricional do que outros fertilizantes orgânicos que você recebe de estrume de vaca ou cavalo.
  • Você pode usar estrume de coelho fresco. Não é um material quente e mesmo sem compostagem, suas nutrições são facilmente disponíveis para as raízes.
  • Não cheira nem faz bagunça. Você pode espalhar o adubo ao redor das plantas e seu jardim não vai cheirar diferente após a aplicação.
  • Este composto versátil trabalha com diferentes tipos de plantas, desde vegetais até plantas ornamentais e canteiros.
  • O estrume de coelho está livre de sementes de plantas invasoras. Uma vez que coelhos mantidos em uma cabana são alimentados com alimentos limpos, suas pelotas não contêm sementes de ervas que poderiam infectar seu jardim. Isso contrasta com o estrume de ovelhas ou vacas que muitas vezes contém sementes que crescem e se espalham no solo.
  • É barato. Na maioria das vezes, as pessoas que cultivam coelhos tendem a jogar fora o estrume. Eles ficariam muito felizes para você tirá-lo de suas mãos.
  • O uso de adubo de estrume de coelho é ecologicamente correto, pois é fácil de fazer e não contamina o solo com produtos químicos ou resíduos.

Composto de estrume de coelho comparado com outro estrume

Nós mencionamos de passagem que o composto de estrume de coelho era mais nutritivo do que outros tipos de estruos que você recebe dos animais. Mas essa afirmação precisa ser corroborada com evidências científicas. E é isso que vamos fazer aqui. A tabela a seguir resume os valores NPK de estrume de coelho, bem como o de outros animais.

Tipo de estrume N (Nitrogênio) % P (Fósforo) % K (Potássio) % Velocidade de liberação
Coelho 2.4 1.4 0.60 Média

Aves de capoeira 1.5 1 0.50 Rápido
Cavalo 0.70 0.30 0.60 Média
Ovelha 0.70 0.30 0.60 Média
Gado 0.50 0.30 0.40 Média
Porco 0.80 0.70 0.50 Média

 

Como você pode ver nesta tabela, o estrume de coelho tem uma alta concentração de nitrogênio (N). O nitrogênio é crucial para a saúde e o crescimento geral da planta. De vegetais verdes frondosos a perenes e anuais, o nitrogênio faz com que as folhas pareçam verdes exuberantes.

O fósforo (P), por outro lado, é importante para as plantas de floração, uma vez que transforma energia solar em produtos químicos. O solo rico em fósforo frequentemente produz flores mais brilhantes e plantas mais saudáveis. Aqui também o estrume de coelho tem o maior valor sobre todos os outros estrumes orgânicos de animais.

Também é rico em potássio (K) que ajuda as plantas a combater doenças e resistir ao estresse. O estrume de coelho tem as mesmas quantidades de potássio que o de ovelhas e cavalos, embora seja rico neste mineral do que gado, aves e estrume de porco.

Antes de seguirmos em frente, precisamos mencionar a velocidade de liberação deste estrume. Ele tem uma velocidade média de liberação que é comparável a todos os outros estrume orgânicos e só fica atrás do estrume de frango que tem liberação rápida. Isso em si é uma boa característica. Na maioria dos casos, você gostaria que o estrume ficasse no solo e alimentasse as raízes lentamente durante um período de semanas de cada vez.

Como fazer adubo de estrume de coelho

Mesmo que o estrume de coelho não seja um material quente que você pode usar diretamente em seu jardim, muitas pessoas preferem processá-lo primeiro. Em muitos casos, isso é ideal, já que você pode não gostar da ideia de manusear cocô de coelho toda vez que quiser fertilizar seu jardim de rosas. É aí que entra a compostagem do estrume. Veja como você pode fazer adubo de estrume de coelho em passos fáceis.

  1. Recolhe o cocô de coelho debaixo da cabana certificando-se de que não está contaminado com sementes de plantas invasoras.
  2. Despeje o estrume de coelho na caixa de adubo.
  3. Adicione a mesma porção de aparas de madeira e palha. Esses materiais orgânicos ajudam a quebrar o estrume e quando apodrecem se tornam bons alimentos para os vermes.
  4. Você pode usar outras sobras da cozinha, bem como folhas podres, grama cortada e restos de comida para acelerar a fermentação.
  5. Não adicione nenhum material à base de cítricos ou moagem de café, pois são tóxicos para as bactérias que quebram o estrume.
  6. Misture bem o conteúdo usando um garfo.
  7. Rega a mistura usando uma mangueira de jardim. Pegue o estrume bom e úmido sem aliou-o demais.
  8. Adicione minhocas ou vermes vermelhos para a pilha para acelerar a compostagem.
  9. Cubra a lixeira com uma armadilha e mantenha-a em uma área protegida longe do vento frio. Mantenha a lixeira no chão para facilitar que os vermes entrem e saiam.
  10. Mexa o estrume a cada duas semanas e rega-o para mantê-lo úmido.
  11. Sempre que você tiver mais restos de comida ou cocô de coelho, adicione-o à pilha, mexa e regue-o, em seguida, cubra-o com a lona.
  12. Vai levar de alguns meses a um ano para o estrume adubo e ficar pronto para o jardim.

Como usar adubo de estrume de coelho em seu jardim

A beleza do adubo de estrume de coelho, se existe tal coisa como beleza de adubo, é que é altamente versátil. Você pode aplicá-lo a várias plantas e em diferentes situações e, na maioria das vezes, é bastante seguro e eficaz. Aqui estão algumas maneiras que você pode aplicar este composto rico em seu jardim.

Top-Dressing

Esta é a maneira mais fácil de aplicar este estrume. Basta espalhar cerca de uma polegada ou menos do material ao redor da base da planta sem entrar em contato com a própria planta. Depois de regar o solo, o fertilizante de liberação lenta encontrará seu caminho para as raízes da planta onde irá mantê-los nutridos por muitas semanas. Depois de aplicar o adubo, lave bem a mão. Pode ser seguro para a planta, mas as bactérias no adubo não devem ir para sua comida.

Misture-o

Além de se espalhar pelo solo superior, você também pode misturar este composto nutritivo com seu solo de vaso para melhorar sua drenagem. Você também pode aplicá-lo no solo em seu jardim. Use uma enxada para quebrar o solo e adicione uma generosa porção de adubo de estrume de coelho à mistura. A única coisa a ter em mente aqui é que este composto é rico em nitrogênio. Portanto, certifique-se de que suas plantas precisam de tanto nitrogênio antes de adicioná-lo ao solo ou mistura de vasos. Caso contrário, você pode acabar com mais folhas e caules do que flores, como é o caso de alguns perenes florido.

Segurança com adubo

É verdade que o composto de estrume de coelho é seguro de usar, no entanto, este ainda é material fermentado embalado com germes e bactérias. Especialistas agrícolas recomendam que você envelhe nas condições de compostagem por pelo menos 4 meses antes de aplicá-lo em patches vegetarianos. É tempo suficiente para todos os germes e patógenos no estrume morrerem tornando-se seguro para aplicar.

Isso se aplica a plantas com raízes comestíveis, como cenoura, beterraba e alface. Eles entram em contato com o composto no solo, o que aumenta a chance dos patógenos acabarem na sua mesa de cozinha. Lave bem os legumes e use algumas gotas de vinagre na água para remover todos os traços do fertilizante do alimento.

Além disso, certifique-se de aplicar o composto no solo e apenas no solo. Evite polvilhar nas folhas, caules ou flores da planta. Isso pode queimar as folhas e arruinar as flores. Sem mencionar que as bactérias no estrume podem iniciar uma infestação fúngica nas folhas.

Outros usos do estrume de coelho no Jardim

Se você não tem paciência ou inclinação para adubar estrume de coelho, isso não é razão para jogar fora este material precioso. Você ainda pode usá-lo no jardim bem em sua forma e forma atual. Recém-saído da cabana do coelho, por assim dizer. Aqui estão alguns dos usos de estrume de coelho.

  • Aplicação direta: Basta coletar as fezes de coelho fora do feno em sua cabana e polvilhar as pelotas ao redor do jardim. Não queimará as raízes, pois é lento para liberar seus nutrientes no solo. Se você tem um problema com moscas ou besouros que se espalham sobre o estrume, você pode enterrá-lo alguns centímetros no solo. De qualquer forma, as pelotas não têm odor para que seu jardim não cheire estranho depois que você usar o estrume.
  • Transplantar: Ao repotar ou mover um transplante para um novo local, deixe cair algumas pelotas no buraco. Eles dão à nova planta um bom começo e alimentam as raízes até que se estabeleçam no solo.
  • Chá para culturas: Se você tem uma fazenda ou cultivar culturas, você pode fazer chá de estrume de coelho e alimentá-lo para sua colheita. Basta absorver duas xícaras de estrume em 5 galões de água por cerca de 5 dias. Use-o como fertilizante líquido quando você regar suas plantações.
  • Comida para vermes: Minhocas e vermes vermelhos são ingredientes importantes do vermicomposto. Limpe as pelotas tratando-as com alta temperatura antes de alimentá-las aos vermes.

Facebook Comments Box
Bruna Silva
Bruna Silva
Artigos: 652